Espectroscopia de infravermelho (FTIR)2019-08-02T12:46:32+00:00

ESPECTROSCOPIA DE INFRAVERMELHO (FTIR)

A Espectroscopia no Infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), é um importante método utilizado para a caracterização e identificação de formas cristalinas e grupos funcionais de substâncias. Esta técnica não-destrutiva permite análises qualitativas e semi-quantitativas, de amostras que podem estar em estado sólido ou líquido.

Além de ser uma técnica amplamente utilizada para identificação de substâncias devido à alta confiabilidade, rapidez, e custo relativamente baixo, a FTIR tem sido aplicada na determinação do polimorfismo, visto que o espectro vibracional é único e reprodutível para cada polimorfo.

Representação: análise espectroscopia de infravermelho